Arquivo Créditos Scrapbook

Olá pessoas! Amigos e inimigos, velhos ou idosos, explorem meu blog a vontade! E não se esqueça de deixar um comentário... Você não quer ver o gatinho triste

Clique em scrapbook e escreva seu recado!
Imagem do mês
About
São os comentários que definem a atividade e o conteúdo do blog, e sempre serão dadas sugestões.
Enfim, gostou do post? Não gostou? Dúvidas? Sugestões? Comente!
I & Me
Aquela-que-precisa-ser-nomeada, vulgo Pockà, nasceu em Brasília e estuda comunicação social na UnB. É amante das artes, das antiguidades, da cultura japonesa, e de si mesma, é claro .saf
Cosplayer, musicista, dançarina, escritora e aprendiz de costureira.
Últimos posts
BJD Wishlist
Doces e travessuras
[Re-blog] Em defesa das princesas
Feliz dia das crianças!
Oficialmente, férias!
Supernatural: the animation? CSI, o mangá?!
Anime Friends 2010; Parte II
Anime Friends 2010; Parte I
Meeting lolita de junho
Sobre bonecas e Wonderland
Siga o blog!
Recomendo
Ócio Criativo
Majika-ru-wing
Candies and Laces
Metamorfose digital
Superziper
Harajuku Lovers
Ribbon Land
Quando a neve derrete
Reino de Morango
my Poupée Girl
Disclaimer
Créditos deverão ser dados ao citar
qualquer conteúdo do blog!
Desrespeite e o rex virá te pegar.

Web Page Counters
BJD Wishlist
sexta-feira, 12 de novembro de 2010 @ 02:03
- Pois é... Inspirada no último encontro resolvi fazer uma wishlist :3
- Listando os que mais me agradam, ou que combinam muito com um personagem x

- Clique no nome para ir ao link oficial
- Clique na imagem para ampliar
- YAY x3!


~ Zaoll Luv NS (Louise :3)
Veja mais (/dolls desse modelo que sou fã X3):
Ninomiya, da Karmade
Dee, da Luna_Koko ~ Zaoll Luv WS (Alice, maybe)
Veja mais: Lumina, da tehbunehfoofoo


~ Supia Roda (Aimée [1])
若漪 (?) da Phyllia ~S2
Iris e Maria, da Shory



~ Supia Rosy
(Name [2]... Ou Lira *3*)
Hiromi, de Caleidoskope~



~ Boy & Girl Aurora
(Kaname! XO E seria montada quase do mesmo jeito)
Veja mais: Freeza, da Karmade



~ Crobidoll Lance
Fatty, da artemis_elani


~ Crobidoll Yeon-Ho (e seria a Mai 8D)
Liam, da Chibi X3


~ Senior Delf Harmony (Aimée [2])


~ Senior Delf Frey (Alexis, maybe)


~ Lucifer White (Kamus! 'w')


~ Soom Dia
Lucius Malfoy, da maigune

~ Dream of Doll DOT E-An
Rei, da Fran Briggs



~ Limited Goth Lucy (Beatrice~)


~ I.O.S. Sezz



~ Souldoll Philippa


~ Pipos Limited Mint Cheshire


DREAMLIST

~ Soom Limited Onix - Light and Shadow


~ U-Noa Alchemic Lab (na foto: Nicolle, da AndrejA)
É super burocrativo conseguir uma... Ou extremamente caro!

~ Limited Chloe, The Little Monica
O molde perfeito pra Mai ;___;

Marcadores: ,

2 comentários. Clique aqui e comente!
Doces e travessuras
segunda-feira, 1 de novembro de 2010 @ 19:21
Depois de dois meses sem vida social, passei 4 dias fabulosos cheio de saídas e gente que não via há muito tempo. Hoje passei o dia catatônica na cama, 10 músculos doloridos e 20 trabalhos acumulados.

Sexta a noite fui com minha vó e mãe a um chá árabe (ai que chique), ver dançarinas do Zahra e dançar Dabke (que é tipo o bon odori das arábias) e sábado foi algo planjado bem em cima da hora, comemorando aniversário do Magi no Parkshopping. Agente fez muita bagunça e [s]ganhamos[/s] o Magi ganhou um livreto de [s]macumba[/s] magologia super mágico e interativo, ficamos brincando com ele de noite (a propósito, como se pia como uma coruja?) e levei um NÃO em caps lock quando perguntei pro livro se algum dia poderia ser uma maga de verdade ;___; -N

Tá. Domingo teve EP (encontro potteriano) de halloween e foi tão divertido quanto, dançamos macarena (?), As Esquisitonas, YMCA, matsuri e tal; teve mímica (mas, sério, como DIABOS se faz "19 anos depois" e "átrio" em um jogo de mímica? A propósito, fui eu quem fiquei com o "átrio") e um jogo de rimas. Liberei todo meu espírito noob e depois fui halloweenzar (?) no parkshopping.

Hime encarnando o espírito XO!
E o Magi sorrindo! xD (material raro)

Usei o vestido do meu cos de Kurai só com anágua de filó. E como deixamos pra se arrumar sepois acabei sem maquiagem ou acessórios ;-; (mas juro que encontrei um amigo que disse que eu estava linda o-o')

Foto no banheiro infantil porquê ninguém quis tirar pra mim 3D (<- tentativa tensa de emoticon)

Encontrei muita gente que não via desde o Kodama (graças ao maldito otacon que cancelaram e a uma série de eventos malsucedidos...), dancei pump (algo que não faço há muitos meses, talvez há um ano!), me apoderei da abóbora do Magi e a [s]engayzei[/s] customizei todinha. Mais cedo assistimos O Estranho Mundo de Jack (pela primeira vez!) e no dia seguinte Mamma Mia!, que é um musical só de música do ABBA divertido e recomendável! x3

Juro que foi minha bolsa no dia |D

Já segunda vinha o nosso tão esperado (okay, combinado uma semana antes XD) 1º encontro Resin Heaven Brasília! É, convensar com donos e futuro donos de dolls, tocar uma de verdade (porquê nos sonhos não vale) e docinhos da Praliné, confeitaria suíça da Asa Sul, também recomendável.


Comecei reconhecendo a Lilith lá no fundo sozinha (ouhn) e logo chegou todo mundo e agente foi [s]engayzar[/s] fazer uma plaquinha do RH pra mesa, conversar e mostrar as dolls! x3

Oi gente, essa é a [s]Ane (ou será Anne?)[/s] Annie da Pix~!
Fiquei monopolizando ela na minha frente por um bom tempo XD

E essa é a Antônia! Do ThiagoMM
.
Ela é uma Dollfie Dream Aoi da Volks, elas são de um material diferente das BJDs (a resina) e agente tirou a cabeça e viu que a articulação é também... Como se fosse um esqueleto!

Carregar e posar as dolls foi realmente mágico. Essa é até levinha, mas a outra (que eu segurava como se fosse um bebêzinho) é pesada, bem mais pesada do que imaginava. Outra coisa diferente é posar, mas não consegui descrever |D

"Mamãe, também quero! D:"

Cheguei umas 20 pras 17 e só saímos de lá quando fomos expulsos (umas 21h30)... Não fiquei entediada um segundo, pelo contrário! Necessitamos logo de um novo encontro porquê muita coisa não foi conversada.
Levei meu notebook sem um motivo específico, mas acabou sendo uma ótima idéia. Mostrei algumas das que tinha aqui e agente entrou na net pra mostrar algumas wishlists! Uma das coisas que mais conversamos foi sobre nossas histórias e personagens... E teve um pouco de cosplay invadindo a conversa uma hora aí |D~

Atrás, e distraídas, estão Pix, Rosiel e Himiko :D!

Éramos 7 no total. As três, eu, o Thiago, a Lilith e a Yuffie (ela e a Rosiel que estão pra [s]ter bebê[/s] receber suas BJDs)~ Legal que combinamos os sete no fórum e todos conseguimos ir no encontro 8D
Dispensável dizer que muita gente veio interessada perguntando sobre elas, né? Mas nada incômodo, pelo menos eu achei. A comida de lá era [s]fofa[/s] boa e gostei muito de conhecer todos!

Detalhes! Fiquei apaixonada pelas mãozinhas D:

*suspira* Em um panorama geral, é isso 8D E se você ficou interessado pelo hobbie, ou já gostava, mas não conhecia o fórum, t'áqui: http://www.resinheaven.com.br/. E já avisando que estamos combinando outro pra novembro.

Na esperança que tenha sido o primeiro de muitos~
Jya ne!~

Off1: Lançaram o 1º OVA de Kuroshitsuji II, Ciel in Wonderland e tem pra baixar na Barazoku! 8D
Off2: Tô tentando baixar desde ontem, mas a net simplesmente não ajuda D:
Off3: Nesse fim de semana tem balé no Teatro Nacional com Ana Botafogo, ainda tendo ingresso terá um mini-meeting lolita lá no sábado, se não, ainda assim queremos nos reunir, então... Estejam avisados!


---
Gostou?
Leia também: Meeting lolita de junho | Sobre bonecas e Wonderland

Marcadores: , , , ,

4 comentários. Clique aqui e comente!
[Re-blog] Em defesa das princesas
sábado, 16 de outubro de 2010 @ 11:17

Eu li um artigo no jornal local esta manhã onde a usual colunista semanal (meia-idade, casada, com filhos, acha que o Twitter é fabulosamente novo) lamentou e se consolou sobre o assunto da repentina adoração de sua filha de 2 anos pelas Princesas Disney (ou qualquer outra sem uma marca registrada, à propósito). A fascinação de sua garotinha parece se limitar a proclamar "Eu 'pincesa'" sempre que possível, e a escritora observa impertinentemente que isso se trata totalmente de identidade de gêneros, o que evoca memórias desconcertantes do porte cor-de-rosa de But I'm a Cheerleader. Ela então encerra com uma piada, como que se só fosse hora de se preocupar quando sua filha não tivesse passado da fase das princesas na madura idade de 8 anos.

Eu levantei uma sobrancelha sobre minha xícara de chá.

E quando sua filha tem 20 anos?

Como muitas lolitas que eu conheço, eu tenho um interesse em princesas e contos de fada. Eu tenho uma coleção de tiaras, uma maleta de maquiagem da Cinderela, e há uma coroa com glitter decorando meu netbook cor-de-rosa. Outras garotas podem se voltar a hime lolita ou hime gyaru, ou simplesmente se deliciar com temáticas de coroas. Lolita, demograficamente extendida desde jovens adolescentes até mulheres de 20 e poucos, 20 e muitos anos (ou mais), está bem longe daquele mercado típico de tweens (a idade entre a infância e a adolescência). E isso é considerado doentio?

A autora do artigo diz que um interesse em princesas é uma criança decidindo se ela se enquadra na categoria feminina e portanto o seu papel é o de princesa. Mas eu discordo que isso é tão Freudiano ou ordinário resolver que princesas são apenas o papel feminino padrão. Moda lolita, afinal, é desenvolvida para ser ultra-feminina. Das cores pastéis a renda, tecido macio, e pérolas, lolita junta todos os elementos femininos. Então se é apenas uma questão de gênero, por quê princesas continuam a ser populares?

Princesas, em contos de fadas e na literatura, tem sido romantizadas de suas origens feudais como poder de comércio de troca em heroínas de suas próprias histórias. A princesa é ajudada por fadas, desafiam masmorras ou profundos desfiladeiros, e são destinadas a um final feliz. A palavra "princesa" é como um gatilho para o leitor: essa personagem é especial. Ela está destinada a grandes coisas, e ela vive a altura dessas grandes coisas. E que garota não quer acreditar nisso, no final do dia, que ela também está destinada a grandes coisas? Que ela é merecedora dessas grandes coisas, e deve agir de acordo? É um tipo de auto-estima prometida a você. Não é à toa que tantas garotas mais velhas simplesmente não conseguem se desapegar da idéia de princesas. Nós ainda queremos pensar, enquanto nos sentamos em carteiras divididas na escola ou em apartamentos maltrapilhos, que nós estamos destinadas a grandes coisas algum dia.

Vamos trocar de marcha de contos de fada vitorianos para as princesas dos dias modernos - as das animações com franquias. Muitas feministas declaram que as princesas da cultura pop atual degradam a mulher como garotas loucas por encontrar um namorado e compulsivas por jeans de marca, mas não é isso o que eu vejo nas Princesas Disney. O tema em comum é aspirar por algo que está além de suas vidas atuais. Cinderela é a mais interessada em encontrar um homem, mas ela está fascinada com a idéia de se mudar da casa de sua madrasta e encontrar uma nova vida. Princesas mais atuais como Bela, Ariel e Jasmine tem sonhos de ver o mundo e encontrar novas pessoas. A princesa mais nova da Disney, Tiana, vai tão longe a ponto de aspirar a uma carreira e manter seu próprio negócio.

Minha noção favorita de princesas, de qualquer forma, vem do romance de Frances Hodgson Burnett, "A Princesinha". Sara, uma rica garotinha que tem sido tratada "simplesmente como uma princesinha" se encontra de repente órfã e sem dinheiro algum. Mas ela decide ser uma princesa de qualquer maneira, para ela mesma - o que ela define como ser gentil, corajosa, e forte frente às adversidades. Embora zombem dela por causa de suas idéias de princesas, os outros personagens, incluindo sua perversa diretora, não podem evitar se impressionar com seu comportamento nobre.

O mundo de hoje está cheio de princesas incomuns, tanto na vida real quanto na literatura e filmes. Há as mori girls, estranhas princesas da floresta, há princesas que são realmente "garotas-isca" de Louisiana. Há as filhas primogênitas da Casa Branca, e as princesas frívolas e extravagantes de livros infantis. Há princesas em castelos antigos e em coberturas de Nova York. Princesas há muito tempo deixaram de ser apenas garotas com sangue real, ou garotas com dinheiro para esbanjar em lindos vestidos, ou garotas que podem casar com o príncipe. A palavra princesa se tornou sinônimo de heroína. E é isso que eu acredito que lolita faz pelas garotas: elas descobrem, ou talvez decidem, que elas serão as heroínas de suas próprias histórias.

E se uma garotinha tem vinte anos e acredita que ela é sua própria heroína, ou se ela tem noventa anos e acredita que ela é sua própria heroína, então eu não vejo nada de errado com princesas.

Créditos:
Original:
In Defense of Princesses - Lolita Charm
Tradução: Ichigo, do Reino de Morango

~*

Aproveitando o quote, quero também recomendar o vlog da Ichigo, para lolitas, que querem ser ou simplesmente gostam do assunto~ Se inscrevam no canal para dar uma forcinha ao seguimento >3!

Marcadores: , , ,

2 comentários. Clique aqui e comente!
Feliz dia das crianças!
terça-feira, 12 de outubro de 2010 @ 11:01
Yay! Um feliz dia para nossa criança interior, e para as crianças que amamos, sejam pequenos sobrinhos ou BJD's *3*

Poisé... Sei que levou mais de um mês (!) de uma postagem para outra, mas, bem, reflexo da minha vida internética, social e pessoal, que estagnou que nem o blog.
De lá pra cá, só fui para um festival de música japonesa (organizado pela embaixada [/merchan]) e comprei pouquíssimas coisas, são pouquíssimas as fotos também...
Enfim. Voltei a ter notebook na sexta, e estou voltando a atividade oficialmente hoje! \õ\

De lá pra cá só venho otakiando (?) em casa... Eram gigas de anime, esgotei tudo. Aproveitando o assunto, super recomendo: Kaichou wa Maid-sama, que tem uma lolita e se passa meio em uma escola meio em um desses café cosplay comuns no Japão... É romântico, engraçado e tem ótimos personagens~
Recomendo também Ichiban Ushiro no Daimaou. É divertido, hum... E tem guerra. Só tentem não se irritar com a quantidade de fanservice echi D|, que nesse sentido se parece com Queens Blade, que também tinah gostado bastante na época.
E 07 Ghost e Kuroshitsuji II. Eu nem gostava de Kuroshitsuji, mas shi, quando assisti o II viciei. E, jesus, que final... [missão não dar spoiler -on]
E, a propósito! Li que vai ter OVA, e serão 6! DEUSDOCÉU, SEIS OVAs! *O*

Pra finalizar, QUÊDIABO é aquela cena que precede a morte do L no anime? É a primeira vez que assito direito, depois de ler e reler mais duas vezes até esse ponto de uns quatro anos pra cá... Aposto³ que foi uma fangirl louca que fez a adaptação (@__@) Tive que reassistir logo depois pra acreditar no nonsense que eu tinha visto...
Ha-Ha... No mais, apenas esse episódio até aqui tem coisa diferente do mangá, duas cenas estranhas e a que a Misa sai por aí cantando a Misa no Uta que eu adoro~ e os efeitos -músicas especialmente- achei muito bons, ainda que exageradinhos. A morte dele em si dá muito mais impacto que lendo no mangá, garanto. Mas as coisas são iguais mesmo, gente. Mesmas falas, mesma ordem, mesma mobília...
Ouvi também que o final é um 'cadinho mais ameno que no mangá, que ele sai rastejando e perdendo toda a pseudo-honra que tinha... Uhum, desse Raito chato que eu tô falando. Adorava ele da primeira vez que li, talvez até a primeira relida. Acontece que ele dá muito nos nervos na eu de hoje... E que depois de assistir o live L change the world comecei a vê-lo de uma forma tão mais... Fofa. (e nada haver com o fato do ator ser bonito, okay? Ele é, mas nem de longe é por isso .hum)


Tá, deixando papo anime de lado, aproveitar pra avisar também que eu realmente irei comprar minha primeira BJD!
Estava com uma meta de "até fim do ano", economizei o máximo que pude e tcharáns, agora meu futuro está nas mãos de uma roupa de dança que estou quase pra vender.
Talvez na quinta! (Torçam por mim!~)

Meu maior atual problema é o cartão internacional. No way contratar importadora para um valor tão alto assim... Mas o da minha mãe tá bloqueado e eu ainda não tenho 18... Como lidar?

A que comprarei será uma Basic Zaoll Luv da dollmore. 52 cm de puro amor~
Preciso decidir roupa ainda que é uma coisa complicada para esse tamanho... Mas okay, vou procurar nas lojas que fazem por encomenda e... É isso.


E decidi (já há algum tempo, mas acho que não escrevi aqui) pensar em uma coleção, com meus personagens -alguns já com 6 anos!- lindos e amados e... Hum, minhas 12 crianças principais, alguns pais e alguns agregados ~S2
O primeiro será o Louise, garotinho extremamente andrógino que descobriu cedo como "a vida não é um mar de rosas", heh. Também o provável melhor exemplo do meu sadismo como escritora ;-;

E, voltando ao primeiro assunto, ganhei presente de dia das crianças (!). Um diário da minha mãe e um carrinho (!!) de uma amiga do trabalho (!!!).
Falei que ainda era criança (H)

Tá, acho que "só".
'Té!

Marcadores: , , ,

2 comentários. Clique aqui e comente!
Oficialmente, férias!
domingo, 5 de setembro de 2010 @ 10:28
Heay, é isso aí. Hoje começa oficialmente as férias da UnB, depois de um conturbado e cansativo semestre com uma greve de dois meses que desacostumou todo mundo. Basicamente, minha segunda foi o dia mais mentalmente cansativo que eu já tive na vida (que loucura, eu realmente pensava que meus últimas dias realmente tensos seria estudando pra vestibular), contei 11 horas direto sem parar de estudar, lendo pra primeira resenha de TECOM¹ no carro, duas horas pra escrever a resenha na sala, quatro horas de estudo de japonês, duas horas com prova oral e escrita japonês enquanto me virava pra acabar a tarefa, uma estudando pra prova de TECOM e a prova em si que foram três horas desde que cheguei na sala. É. No fim do dia foi um êxtase mental tão grande que eu simplesmente não conseguia relaxar, não dava pra "não pensar" e tudo que eu queria era sair correndo pra algum lugar, sei lá, justamente fazer alguma coisa ao invés de descansar.

Muito estranho! Alguém aqui já passou por experiência semelhante? XD~
¹TECOM: Teorias da Comunicação

Tá, basicamente passei a semana na preguiça, escrevendo. É, escrevendo, continuando arquivos inacabados de um império chamado Magestia, dando nome pra coisas que não tinham, materializando certas cenas e organizando meus pensamentos numa "Grande Árvore Cronológica"... Me lembrando de como minha história já atingiu um elevado nível de complexidade (Y).

Ainda não desisti da idéia de ter um site com todo meu conteúdo criativo organizado e bonitinho. Comecei até, tentei no worpress e em mais uns três no estilo, mas nenhum realmente me agradou... Quero algo personalizado, com um layout que represente minha criação, daí que meu orgulho também impede de ser "qualquer coisa", algo simples, entendem? AH, ficaria eternamente grata se encontrassem pessoas dispostas a ajudar nessa missão! ( \Õ/ )
(e que preguiça de explorar o dreamweaver!)

E, aproveitando esse post de random-atualizações, oficializando que eu comecei a desenhar! (!) Meu histórico com desenho também é conturbado, eu simplesmente não tenho paciência pra passar horas fazendo traços e bolhinhas, eu tentei solitariamente, com esses livros "desenhe no estilo mangá" que vendem por aí e até fui adepta ao "desenhar por cima", mas eu não gostava, enjoava, enfim... Simplesmente não era pra mim.
Acontece que, num domingo de quermesse, fui fazer um workshop gratuito que tinha lá. Passei raiva a primeira vista, saí insatisfeita só pra reafirmar "ah, não nasci pra isso", quando no outro dia fui "rabiscar" enquanto esperava minha mãe, em outro fui "rabiscar" enquanto fazia download, e no terceiro finalmente consegui algo que realmente gostei, e daí foram um atrás do outro e eu estou de fato querendo investir nisso.

Sempre gostei muito de desenho, e sempre gostei da idéia de pode desenhar os meus personagens, por isso as tantas vezes que retornei a prática. Fica a lição que vontade pode sim vencer a falta de pré-disposição (um dia ainda compartilho a minha teoria sobre pré-disposição e talento nato... Um dia...).

Pra acabar: Fiquei sem notebook. Não o notebook exatamente, mas desde o começo da semana meu carregador pifou de vez, e sem note sem internet. Ou seja, nada de wi-fi do PJC, do CA, do posto, do vizinho, do outro vizinho, da igreja, da padaria... *ladyavaria dos planos B*
Por outro lado, entenderam agora o surgimento súbito de disposição e criatividade, né?
No exato instante, abuso do quarto, cama, vassalagem, internet e carregador de notebook do meu primo. Então, um público muito obrigada 8D~

Acho que... É só. Postando mais pra lembrar que eu vivo (Y)
Jya!

Marcadores: , , , , ,

3 comentários. Clique aqui e comente!
Supernatural: the animation? CSI, o mangá?!
segunda-feira, 16 de agosto de 2010 @ 08:46
Passeando pela espera blogística com parada especial no blyme percebi o quanto estou desatualizada na área "Anime e Mangá", com três notícias que me deixaram de boca aberta... Espero que pelo menos uma delas você ainda não saiba.

A primeira coisa é que a editora brasileira NewPOP (de “Grimms Mangá” e “Speed Racer”) com seu justo lema "Uma alternativa para todos" está trazendo um mangá de CSI com uma única edição independente sobre uma recém-estagiária do CSI que vai acabar desconfiando de seus próprios colegas pra resolver um caso.

Agora dêem uma passeada pelo site, perceba que há "Alice in Wonderland", com uma recomendação da Marimoon, Caça-fantasmas e que ela comprou Hetalia! Hetalia, um anime cult com episódios de 5 minutos sobre os conflitos mundiais apresentados cômicamente, e que até hoje não consigo entender como conseguiu me viciar.

Já espantada com CSI, e mais acostumada a ocidentalização do oriental (Death Note que vai virar filme de Hollywood, Speed Racer que já tá aí sendo anunciado...), li aqui a notícia no Blyme da animação de Supernatural (Sobrenatural, no SBT) que será feita pelo estúdio Madhouse (de Death Note e Summer Wars), a ser distribuída pela Warner em janeiro de 2011. Vai ser baseado nas primeiras temporada, com uns personagens novos e momento da infância dos Winchester, e terá, a princípio (agente bem sabe que essas coisas só dependem da audiência...), 22 episódios. O teaser saiu dia 06.


Parecidos, né? 'O'

E agora o que realmente me levou a tudo isso: Essa mesma editora vai investir no público yaoi, e trazer algo cá! (\õ\~) O título ainda não foi definido, mas dando uma olhada nos comentários, a NewPOP traz muitas coisas da Tokyopop, que por acaso é detentora de Gravitation, Gakuen Heaven e Junjou Romantica. Essa notícia é um pouco mais velha (começo de julho...), mas importante de ser citada.
Gravitation não teve muito retorno, parece, por isso as vendas desse título x pode ser decisivo para que tenhamos (ou não), mais títulos vindo pro Brasil... Como disseram no blyme (euri) o destino do Yaoi no Brasil está nas nossas mãos. E algo que eu realmente gostaria de ter é Junjou Romantica e Kaze to ki no uta fazendo companhia ao Gravitation da minha estante. Meus três preferidos, em ordem.[/fangirl] Bem, Kaze to ki no uta é bem utópico, coisa que mesmo original seria difícil de arranjar, imagino... Foi um revolucionário dos anos 70/80, justamente pelo conteúdo proibido; imaginem só, yaoi no mundo tradicional dos nossos pais... Por isso a história tem uma delicadeza que eu não vejo nessas tramas modernas.

Enfim, pretendo comprar, apesar de ter prometido a mim mesma parar de investir em mangá (Y), principalmente se for Junjou, que só assisti o anime, ou a continuação de Gravitation. Não tinha me interessado muito antes porquê, bem, depois do volume 5 Gravitation vira uma grande novela cheia de confusões... Mas darei uma chance, heh.

(mas além de achar que Junjou Romantica tem um ritmo melhor que gravitation, o traço é mil vezes melhor! O romance dos principais também emociona mais... Por outro lado é por causa de Gravi que estou aqui comentando sobre yaoi, heh)

aqui a notícia no site pra quem quiser, e é isso... Comenta aí se você já sabia de série americana virando anime e se você também gosta de yaoi, comenta aí seu caso 8D

Jya ne!

Marcadores: , , , ,

6 comentários. Clique aqui e comente!
Anime Friends 2010; Parte II
sexta-feira, 6 de agosto de 2010 @ 08:02
EAE people? 8D
Continuando minha saga em São Paulo, depois de uma sexta e um sábado de compras com direito a desfile lolita e novos conhecidos, sábado era o dia do meeting lolita no Festival do Japão. Peguei um metrô, que havia pesquisado antes: Era menos de meio minhocão vindo do hotel, e o dia estava magicamente correto. Acordei cedo sozinha (ainda ajudei um amigo que tinha que ir cedo pra competição Smash Bros), cerca de uma hora estava pronta, animada e de barriga cheia, rumo a estação.

Cheguei até mais cedo do que o combinado, um mendigo me perguntou as horas (?), muita gente olhou estranho e cerca de uns 40 minutos depois chegou a Momo de calça jeans e salto lolita (?), louca por um banheiro e com uma notícia bastante agradável:
Todo mundo tinha cancelado no sábado pra combinar meeting no domingo.

Eu fiquei meio "poxa", mas na verdade já havia previsto essa possibilidade, por isso mesmo que marquei certinho com ela e deu tão certo quanto seria um meeting convencional. Bom que ainda passamos na Liberdade, e perceba que a viagem não estaria completa se eu não tivesse dado as caras por lá.

Casaco da Érika que eu esqueci de devolver! .shame
E que me salvou de uma hiportermia

A Momo é um amor! Além de ser lolita, também joga rpg e pretende ter uma BJD, e vejam só, já arrumei um par yaoi para o meu (>D!). Éramos magicamente as únicas lolitas, mais que isso, contamos na mão aqueles que vestiam algo diferente tipo cosplay ou touquinhas (!). O público de lá era muito diferente da AF, em suma descendentes nipônicos mais velhos e experientes, e mesmo muitos deles nos perguntavam o que eram esses vestidos e babados. Por sermos "intrusas" naquele meio, tiramos tantas fotos quanto se estivéssemos lá.

Tão frio x-x

Comentando esse paralelo, algo que eu não sabia é que o lugar onde tinha a AF e esse outro eram compeltamente opostos. Da mesma linha de metrô, mas extremos, algo tipo Núcleo Bandeirante e Paranoá.
Deus, e eu que achei que seria tranqüilo transitar de um pro outro, logicamente me dei mau.

|3



Lugar bonito, né?



Momento LOL na área fechada XD

Sou do ano do... Galo.
E juro que li fraqueza! XD

Acabamos não aproveitando muito da programação, basicamente conversamos (muito!), tiramos foto, nos divertímos... Comprei um par de brincos de coelhinhos de origami (!) e uma cartela de adesivos umas 4 vezes mais barata do que seria em Brasília.
Curioso que o pânico estava lá, só não me perguntem "pra fazer o quê" e fomos entrevistadas por uma emissora japonesa (!).

De lá fomos para a Liberdade, o evento era muito bem organizado e acessível, com ônibus que íam e voltavam de graça pro evento. Na Liba demos uma andada, mais algumas explicação sobre o que é lolita e compramos uma Kera (revista de moda japonesa), eu porquê tinha uma janelinha mínima de Wonder Cookie e outras dream prints e ela porquê tinha reportagem com o Hide.


No fim do dia já estava morrendo por causa do salto e dedinhos apertando (no último dia eu caí morta no ônibus, nem troquei as lentes), mas eu e minha determinação ainda migramos lá pelo Carandiru para esperar o ônibus... O quê? 172.alguma-coisa.
A confusão começou quando percebi que existiam diversos 172.alguma-coisa e eu tipo "ah, deve ser tal" e demorei cerca de uma hora até ter disposição suficiente pra arranjar informação de como demônios voltava pro evento. Acabou sendo uma moça de cosplay com uns caras de toquinha. Daí foi só mais uma hora até voltar pra parada e o ônibus chegar 8D

Ok, cheguei morta, mas na hora certa! Se não a primeira, mas uma das primeiras músicas do show do Aural, com certeza!
No caminho joguei minhas coisas pro povo da caravana, por isso nem tirei foto, e me vi muito satisfeita com o show, mesmo não sabendo cantar as músicas e expremida na galera. Uma das coisas que essa viagem mostrou foi "como as coisas são tão mais belas pessoalmente".

Ai, ai, é isso.
Simplesmente amei o meu dia, com contratempos e tudo.

---
Gostou?
Leia mais! Kodama 2010; Parte I | Happy Loliday!

Marcadores: , , , ,

3 comentários. Clique aqui e comente!